Quem Somos

Uma empresa familiar que carrega em seu viés o dom e o amor pelo campo, pelo cultivo e pelos produtos finais que chegam a mesa do consumidor. Nosso compromisso é manter a paixão passada de geração para geração. Fazendo desse negócio a modernização e consumação de uma saga.
A idealização desse projeto foi através de Anderson Francisco Haslinger, nascido na pequena cidade de Monte Carlo, município catarinense. Seu avô Albino, agricultor, sempre teve apreço pelo campo e pelo cultivo da terra. Ao lado de sua esposa Salete, e através de seus esforços diários constituíram uma linda família com três filhos: Noeli, Diair e Airton. A família sempre teve suas raízes no campo, produzindo alimentos, e também trabalhando com suinocultura e bovinocultura. Com isso, são aproximadamente mais de 20 anos produzindo o salame colonial mais apreciado da região, além do dom pelas geléias e compotas. 
Anderson é filho de Adir e Noeli, a filha mais velha do casal. Saiu da casa de seus pais com 14 anos, para morar com seus avós, trabalhar na fazenda e estudar na cidade. Com o passar dos anos formou-se Engenheiro Agronônomo, intensificando o amor da família pelo campo. Porém em 2018, surgiu uma nova paixão: a viticultura, sobretudo o amor pelos vinhos. Tal sentimento fez com que inicia-se uma marca, profissionalizando os produtos da família com a linha colonial Velho Armazém. Ao mesmo tempo, iniciou as primeiras parcerias comerciais com vinícolas nacionais, e também com algumas importadoras, trazendo vários países e regiões vinícolas para a mesa de seus clientes. 
Para aprimorar seus conhecimentos, formou-se Sommelier Profissional em 2020, pela Associação Brasileira de Sommeliers - ABS/ASI. Hoje o negócio que começou do zero vem ganhando forma, com novas parcerias comerciais, ultrapassando 120 opções de rótulos, 8 países e 39 regiões vinícolas diferentes. 
"É motivo de orgulho ver e acompanhar o crescimento dessa marca, que criei pensando em cada detalhe, desde seu início, onde não sabia qual nome deveria escolher, qual logo criar, e não tinha um aporte financeiro elevado para iniciar um grande negócio. Comecei de forma informal, com algumas caixas de vinho fino, de uvas consagradas: Malbec e Cabernet Sauvignon. Sai de porta em porta oferecendo os vinhos e iniciando o contato com clientes, tudo isso em meu tempo vago, fora do expediente ou nos finais de semana, pois em horário comercial, exerço a função de Engenheiro Agrônomo em uma das maiores cooperativas do Brasil, cargo que continuo exercendo até hoje. Na época me deparava com dois grandes desafios: a proximidade com a fronteira argentina e paraguaia (Exisitindo muito comércio e importação ilegal de vinhos, com preços mais atrativos, pois não tem o devido despacho aduaneiro e fiscal), bem como a cultura dos vinhos provinientes de uvas não viníferas (vinhos de mesa), pois na região a cultura italiana é predominante, e muitos fazem seu próprio vinho nos porões de casas ou sítios. Mas com o passar dos anos, o negócio começou a ganhar forma, novos rótulos, aquisições de vinhos importados, mídias sociais, e por fim, recentemente a criação do site, dando um grande e importante passo na caminhada de levar a minha marca, nossos produtos, e a homenagem à minha família, em especial ao meus avós, para todo o Brasil". - Anderson Francisco Haslinger, fundador e proprietário do Velho Armazém.

Cookies
X

Este site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando, você aceita nossa Política de Privacidade.